Marcadores

Pesquisar na internet

sábado, 16 de junho de 2018

Faltar ao trabalho em dias de jogos pode causar demissão por justa causa

Empresas não são obrigadas a liberar funcionários para assistirem às partidas, mas, já que boa parte da equipe estará com a cabeça no mundial, o acordo de compensação de jornada pode ser a solução. Faltar ao serviço em dias de jogos pode causar demissão por justa causa


Na Faculdade Instituto de Pesquisa e Ensino Médico, quando a Seleção entrar em campo, todos vão sentar em frente à TV e aproveitar o momento para confraternizarem com festa regada à pipoca, guaraná, adereços e barulho(foto: Marília Lima/Esp. CB/D.A Press)

A Copa do Mundo de 2018 chegou, mas a sorte de ver a bola rolando sem se preocupar com o trabalho não será realidade para muitos torcedores. No país do futebol, isso pode virar um drama para os mais aficionados, principalmente nas partidas que ocorrem durante a semana. O primeiro jogo do Brasil será amanhã, às 15h, contra a Suíça. Depois disso, a Seleção entra em campo numa sexta-feira (22/6), às 9h, e numa quarta-feira (27/6), às 15h. Os outros jogos, caso o país avance no torneio, serão em julho. Serão quatro jogos em dias úteis, podendo haver mais um  se o Brasil passar em primeiro no Grupo E.

Para quem tem expediente no horário, a má notícia é que as empresas não são obrigadas a liberar os funcionários nos dias de jogos da seleção. No entanto, é comum que patrões permitam a suspensão das atividades ou a adaptação do horário de expediente. Dependendo da profissão, porém, isso é impossível. É o caso de empregados de bares e restaurantes, que costumam lotar durante as partidas; e de serviços de urgência, como hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Acessar o post completo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário